Medicamento Metadoxil e o bafômetro


Após a atualização na Lei Seca, proibindo totalmente a pessoa de dirigir com alguma quantidade de álcool no sangue, pessoas começaram a utilizar o medicamento Metadoxil para tentar burlar o bafômetro nas blitz pelo país. Para conseguir escapar das blitz com bafômetro, muita gente está tomando o medicamento Metadoxil, que possui tarja vermelha, tomando sem prescrição médica.

Esse tipo de prática podemos considerar como suicida, além da pessoa ainda continuar dirigindo alcoolizado, colocando em risco sua vida e também de muitas pessoas, agora essa pessoa também corre riscos de saúde, tomando uma medicação tarja vermelha (Metadoxil), que segundo o Ministério da Saúde é indicado para o tratamento de alterações hepáticas provocadas pela intoxicação alcoólica crônica, como fígado gorduroso e também a hepatite alcoólica.

Então, se você está pensando em tomar o medicamento Metadoxil para conseguir burlar o bafômetro, saiba que esta prática é muito arriscada e totalmente contra a lei, pois você ainda irá continuar dirigindo embriagado, a única diferença é que o medicamento Metadoxil não irá acusar nada no bafômetro. Ainda não se sabe se ao fazer um exame de sangue o resultado do álcool no sangue é positivo, mas acreditamos que sim.

Vale lembrar que caso o motorista estiver dirigindo embriagado, será imediatamente encaminhado a delegacia e preso, tendo também o seu veículo recolhido, carteira de motorista suspensa (até dois anos), além de pagar multa e fiança determinadas pela legislação de trânsito.