Slackline: Esporte é nova mania nos parques


Se você está passando férias e pretende praticar esportes ao ar livre nas praias e parques, que tal aproveitar as horas de folga para conhecer uma nova modalidade esportiva ? Andar na corda bamba tornou-se uma diversão nos parques das principais capitais brasileiras. A moda que toma conta dos parques é o “slackline”,modalidade em que o praticante anda sobre uma fita de 50 mm de largura colocada a uma altura média em torno de 40 cm do chão.

Instrutores do esporte explicam que existem cinco versões do esporte, enumeradas no final deste post, sendo que a mais praticada no país é a “trickline”, já que se trata da modalidade mais radical, pois exige a execução de acrobacias.

A extensão mínima sugerida para a prática do slackline é de cinco metros, mas é possível usar fitas que tenham mais de 30 metros de extensão. As dicas de instrutores para quem pretende se aventurar no esporte é de subir sempre com os pés alinhados e joelhos flexionados, não devendo prender a respiração, bem como manter os braços elevados e mirar fixamente no ponto aonde se deseja chegar.  Alguns riscos existem na prática do esporte, e para reduzidos, a dica é dispor colchonetes no solo.

Na cidade de São Paulo (SP), por exemplo, existem parques como o Horto Florestal, na zona norte, que possui espaços reservados para a prática do slackline, chamada de “slackline”, área que possui estruturas fixas para o exercício, muito procurada pelos frequentadores aos finais de semana.

De acordo com instrutores de slackline, o esporte melhora a concentração, a agilidade e o condicionamento cardiovascular e ajuda a queimar gordura, além de fortalecer joelhos e tornozelos. Os praticantes costumam sentir os resultados, sendo evidente a definição das pernas, abdômen, cintura e braço.

Confira as modalidades de slackline e escolha a sua:

Trickline: É o tipo esportivo e competitivo do slackline, sendo o preferido dos brasileiros. Seus praticantes fazem manobras e acrobacias aéreas.

Yogaline: É o Yoga transferido para a fita. Nessa modalidade, são trabalhados o equilíbrio, a respiração e a isometria- quando um músculo se contrai por um determinado tempo, estabilizando o movimento.

Longline: Slackline de longa distância, em que a pessoa tem de percorrer mais de 20 metros.

Highline: Vertente praticada nas alturas, como em uma travessia entre montanhas, sendo que a altura mínima para a execução dessa modalidade é de cinco metros.

Waterline: Estilo praticado sobre a água, que pode ser executado tanto nas praias, como em rios ou piscinas.

Por Selma Isis