Verão: Dicas para deixar a casa mais fresca durante o calor


Com temperaturas que ultrapassam facilmente a barreira dos 30 graus Celsius em todo o Brasil, o calor em excesso costuma causar desconforto em muitas pessoas, principalmente na hora de dormir. E ao contrário de que muita gente pensa, é possível deixar a casa mais fresca sem ser necessário apelar para o ar-condicionado.

Além de ser um equipamento de custo elevado, o ar condicionado consome muita energia elétrica, sem falar que costuma prejudicar a saúde de algumas pessoas. E para deixar o seu lar mais fresco no verão, o primeiro passo é deixar todos os vidros da residência abertos, já que eles funcionam como se fossem verdadeiras estufas caso sejam fechados. Ou seja: o calor entra, mas não sai do imóvel.

Um bom truque indicado por decoradores é “esvaziar” um pouco a casa durante o verão, guardando alguns tapetes, cortinas com tecidos pesados, toalhas, bichos de pelúcia fofinhos, entre outros objetos semelhantes que absorvam muito calor.

Se você possui forros de cortinas muito escuros, retire-os. Se possuir cortinas de cores claras, mantenha-as fechadas durante o período em que o sol estiver batendo na janela. Dessa forma, a luz e o calor que entram no ambiente não irão invadir o interior dos cômodos da residência de uma maneira tão intensa. Para filtrar ainda mais o calor, dê preferência a persianas elaboradas em fibras naturais.

Nas janelas, ao invés de utilizar as cortinas de tecido tradicionais, uma dica é optar por modelos que possuam tela solar, que bloqueiam os raios solares sem impedir que o ambiente seja iluminado e ventilado. Dê preferência para poltronas e estofados fabricados em tecidos leves, como sarja e algodão, ou então cubra-os com tecidos leves e naturais, como xales para sofás feitos de algodão.

Se está construindo ou reformando a sua casa neste verão, outra dica de decoradores é investir no piso laminado, que vem se tornando uma opção mais moderna e mais em conta da madeira natural. Vale lembrar de que os pisos em porcelanato continuam a ser os queridinhos dos arquitetos e decoradores, principalmente em residências situadas em regiões muito quentes. Importante ressaltar de que os pisos em porcelanato podem ser aconchegantes também no inverno, basta adicionar tapetes.

Para colaborar no conforto térmico, especialistas sugerem fazer paredes duplas e utilizar manta de lã de vidro ou de isopor para forrar as lajes das coberturas e/ou o telhado. Além disso, prefira as lâmpadas compactas fluorescentes nas instalações elétricas de sua residência, pois além de possuírem baixo consumo, geram menos calor do que as lâmpadas halógenas e incandescentes convencionais. E para colaborar ainda mais para deixar o ambiente mais fresco, aproveite ao máximo a luz solar e somente acenda as luzes quando estiver realmente escuro.

Para quem está reformando ou construindo a casa, uma boa dica é fazer uso de telhas claras, que seguem a mesma lógica de usar roupas claras sob o sol, pois refletem a luminosidade. Usar esquadrias com ventilação ajudam a evitar o desperdício do uso do ar-condicionado ao longo da estação mais quente do ano.

Por fim, deixar plantas dentro de casa, escolher roupas de cama de algodão e lançar mão de climatizadores de ar são soluções práticas e acessíveis para deixar seu lar mais fresco, sem necessitar de ar-condicionado.

Por Selma Isis