Dicas para escolher a decoração do quarto de bebê


Uma das etapas mais gostosas da espera do bebê é de montar o seu quartinho, em especial pela tarefa de optar pelas cores, enfeites e móveis. Porém, antes de iniciar essa proveitosa tarefa, é preciso pensar na segurança do ambiente.

Segundo especialistas, o primeiro passo é adquirir somente móveis que contem com as quinas arredondadas e nada que tenha vidro. É preferível escolher peças em acrílico, já que não podem machucar se quebrarem.

Além disso, os pais devem ficar atentos em não colocar prateleiras e quadros em cima do berço, pois, quando o bebê começar a ficar em pé, ele pode puxá-los e acabar se machucando. Importante ressaltar de que não se deve usar abajures de porcelana na decoração, que também pode quebrar e machucar a criança.

Vale lembrar de que recomenda-se ainda as seguintes medidas: evitar dispor a cômoda embaixo da janela, não deixar o berço em ponto de corrente de vento e optar pelo guarda-roupas com portas de correr, para o bebê não abri-las, além de colocar redes de proteção, principalmente em apartamentos situados em andares altos.

Especialistas também sugerem utilizar puxadores de gavetas arredondados, pois assim que a criança começar a engatinhar, irá alcançar as últimas gavetas da cômoda, correndo o risco de ferir as mãos.

Para oferecer ainda mais conforto ao bebezinho recém-chegado, especialistas recomendam usar produtos hipoalergênicos- que minimizam as reações alérgicas- nos quartos infantis, como, por exemplo, um tapete menos peludo.

Outro cuidado importante que os pais devem ter é com o piso, sendo o de madeira o mais indicado. Além disso, decoradores especializados aconselham nunca usar lâmpadas que esquentem em cima do berço. O ideal é escolher lâmpadas de LED na cor amarela, para deixar o local mais aconchegante.

No caso da decoração, usar as cores corretas é muito importante, já que um quarto muito colorido pode deixar o bebê agitado e atrapalhar o seu sono. O ideal é optar por tons mais suaves, como o rosa, azul ou verde claro. Caso os pais pretendam decorar o quarto com muitas cores, os decoradores sugerem fazer uma mistura de tons, reservando os mais fortes para os detalhes, nunca para todo o quarto. Vale lembrar de que nunca se deve aplicar cores fortes nas paredes.

O ideal é decorar o quarto do bebê o mais neutro possível, com branco, cru, listras beges e brancas, podendo ter até mesmo um papel de parede mais clarinho. Segundo decoradores, estão em alta tons de dourado e prata, mas a tendência mesmo são os tons pastéis, como o azul, rosa, e principalmente o verde claro que é marca registrada da famosa joalheria Tiffany.

Como os bebês crescem muito depressa, uma dica para economizar é optar por móveis que possam ser aproveitados depois que eles crescerem, para não ser necessário se desfazer de toda a decoração. De acordo com especialistas, uma boa opção é um berço que vira mincama. Também existem opções no mercado de trocadores que viram escrivaninhas, que contam com um baú embaixo que pode servir para guardar fraldas, e, futuramente para guardar brinquedos. Vale lembrar de que as poltronas de amamentação também podem ser reaproveitadas, basta usar um revestimento com um tema infantil.

Fotos de quartos de Bebê (clique nas fotos para ampliar)


Por Selma Isis