Cursos on-line: Opção para quem não tem muito tempo para estudar


Oportunidade para quem não dispõe de tempo, mas que possui disciplina para estudar sozinho, a educação a distância já atende a 3,5 milhões de brasileiros, sendo uma alternativa mais prática e barata do que os cursos presenciais.

Os cursos on-line são muito procurados por profissionais que desejam incrementar a carreira, mas, por terem que dedicar muito tempo ao trabalho e à família, não têm condições de frequentarem um curso presencial convencional.

Fazer um curso on-line irá depender muito do empenho do aluno, que necessita organizar os seus horários para que possa se dedicar individualmente ao conteúdo das disciplinas. Dessa forma, para quem pretende investir em um curso à distância, especialistas dão uma dica valiosa: a pessoa deve saber se terá condições de reservar um tempo para estudar, não importando se ela seja calma ou agitada, já o que realmente importa é que seja disciplinada para aproveitar o conteúdo do curso.

Engana-se quem imagina que um curso on-line é mais fácil do que o presencial. No caso dos cursos de graduação on-line, alunos relatam que essa modalidade é muito mais difícil, em razão da quantidade de atividades a ser entregue, bem como material de leitura e trabalhos individuais.

Além disso, dedicar-se aos estudos em casa é mais difícil do que se parece, já que exige um grande esforço do aluno, que precisa postar diversos trabalhos e entrar sempre nos fóruns de discussão, já que os debates entre os colegas de turma valem nota.

Como os cursos cobram a participação dos alunos nos chats de discussão, o que não ocorre em sala de aula, existe uma maior interação entre os colegas. Isso acontece porque no ambiente presencial ocorre a interação de uma pessoa- o professor- para com vários, que são os alunos. No caso dos cursos on-line, essa interação ocorre de muitos para muitos, já que todos os alunos trocam informações e experiências profissionais e pessoais, podendo aplicar melhor o conhecimento adquirido.

Dessa forma, além de ampliar os conhecimentos, os cursos on-line também geram o “network”, que é o contato profissional entre pessoas da mesma área de atuação, o que não se prejudica devido à falta de contato físico, pois aproveita-se muito a troca de sabedoria, sendo uma grande oportunidade para o profissional fazer contatos e parceiros de negócios ao longo do curso.

Devido a esse empenho que o ensino a distância exige do aluno, o profissional se torna diferenciado em relação ao que fez um curso presencial, principalmente em países da Europa, onde muitas instituições preferem alunos de formação a distância devido às habilidades que desenvolveram, como: interpretação de texto, domínio das tecnologias, trabalho em grupo, flexibilidade e disciplina.

Porém, para se sair bem, é preciso prestar atenção no curso e na instituição de ensino que o oferece. Para não errar, anote as seguintes dicas:

-Confira se o curso a distância é credenciado pelo Ministério da Educação (MEC): http://portal.mec.gov.br/index.php . Vale lembrar de que se não for curso de graduação ou de especialização, não necessita da autorização da entidade;

-Procure depoimentos de outros alunos que tenham feito o curso;

-Compare a grade de disciplinas em relação a de outras instituições de ensino;

-Verifique se os cursos presenciais da instituição possuem boa colocação no ranking do MEC;

-Informe-se se a instituição de ensino possui experiência em cursos desse tipo.

Por Selma Isis