Quais são os efeitos colaterais e contra-indicações da Sibutramina?


Veja quais os principais efeitos colaterais e contra-indicações da Sibutramina

Um dos problemas que mais vem crescendo no mundo, é a obesidade e que a algum tempo já é tratada como problema de saúde, dependendo do seu grau de obesidade, pode ser considerado grave, podendo trazer sérios riscos a saúde.

Para o tratamento da obesidade, o medicamento Sibutramina, é um dos mais utilizados no mundo e, o Brasil, está entre os países que mais consomem esta substância. A Sibutramina pode ser encontrada nas dosagens de 10mg e 15mg, e a venda é permitida somente com receita médica, prescrição e retenção da receita médica. A partir de Março de 2010, a Anvisa fez alterações em sua classificação, o medicamento agora terá tarja preta e será vendido sob receituário azul numerado.

A Sibutramina funciona da seguinte forma: Ela reduz a sua vontade de comer, diminui a sua fome, aumentando então sua sensação de saciedade. Previne também a redução do gasto energético, ela funciona mais ou menos como estimulante mental, quase como um calmante, deixando você mais de bem com a vida podemos dizer, que é ai onde mora o perigo, este tipo de sensação do corpo, pode trazer dependência ao medicamento, o que não é nada bom.

Para se ter resultados positivos com o uso da Sibutramina, você deve também praticar exercícios físicos e seguir uma boa dieta e reeducação alimentar, tudo acompanhado por um bom médico.

Qual a contra-indicações da Sibutramina?

A sibutramina não deve ser prescrita nas seguintes condições:

  • hipersensibilidade conhecida a esta substância ou a qualquer outro componente da fórmula;
  • bebidas alcoólicas;
  • antecedentes de anorexia nervosa ou bulimia;
  • conhecimento ou suspeita de gravidez;
  • durante a lactação;
  • pacientes que fazem uso de IMAO;
  • pacientes hipertensos;
  • obesidade ligada à existência, ou antecedentes pessoais, de doenças cardio e cerebrovasculares;
  • diabetes mellitus tipo 2, com sobrepeso ou obesidade e ligada a mais um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Quais são os efeitos colaterais que a Sibutramina pode causar?

Vários estudos clínicos já foram feitos e observados os seguintes efeitos adversos:

  • lombalgia;
  • dismenorreia;
  • sudorese;
  • aumento de pressão;
  • vasodilatação;
  • constipação;
  • náusea;
  • alteração do paladar;
  • alterações visuais (moscas volantes);
  • taquicardia;
  • palpitações;
  • insônia;
  • dispepsia;
  • parestesia;
  • xerostomia;
  • dor de cabeça.