Justin Bieber: Visual lançado pelo cantor virou moda, mas favorece acne na testa; saiba como se prevenir


Nos últimos meses, o jogador de futebol Neymar está sofrendo com o “efeito Justin Bieber”. Tudo bem que o craque do Santos faz tanto sucesso com as garotas como o cantor pop canadense, mas, ao adotar o boné ao seu visual, além de ter passado um bom tempo usando franja, assim como o ídolo das adolescentes, o atacante passou a ter acne na região da testa, e passou a realizar tratamentos com um dermatologista.

A acne é o mesmo mal que atinge tantos outros seguidores anônimos do estilo que Bieber popularizou em todo o mundo, já que desde o início de sua carreira, o loirinho contou com a franja como sua marca registrada. Mas ninguém é obrigado a se desfazer do look do popstar devido ao surgimento das espinhas.

No caso de Neymar, por exemplo, nos últimos quatro meses, o jogador do Santos e da Seleção Brasileira vem realizando um tratamento dermatológico com o médico Jardis Volpe para eliminar as espinhas. Segundo o profissional, no início de novembro, ocorreu uma melhora de 60% na pele do craque.

O jovem atacante tem recebido um tratamento indicado a pacientes com quadros crônicos de acne, sendo que inclui diversos procedimentos, como aplicação de laser gênesis com o objetivo de reduzir a oleosidade da pele, a técnica isolaz, que realiza a drenagem das espinhas mais inflamadas e na aplicação de luz com propriedades bactericidas e anti-inflamatórias, bem como a aplicação de luz de LED azul, que também possui a meta de diminuir a quantidade de bactérias na pele.

Trata-se de um tratamento dermatológico sofisticado, mas o jogador de 20 anos resolveu optar pelo procedimento, pois os remédios orais poderiam interferir nas avaliações de doping nas competições em que participa.

Dessa forma, para os pacientes que sofrem de acne e que não são atletas de alta performance e que participam de competições desportivas, têm a possibilidade de se submeterem a um tratamento tópico, com a ingestão de medicamentos ou aplicação de cremes, de acordo com cada caso.

Como o atacante santista está com 20 anos de idade, faixa etária ainda propensa ao surgimento do problema, sem falar de que o uso constante do boné fez com que surgissem mais espinhas. Isso acontece porque o uso intenso do acessório faz com que o local fique muito abafado, o que aumenta a oleosidade da pele e obstruindo os seus poros, quadro que favorece a proliferação da acne.

Segundo dermatologistas, géis e cremas para cabelos também podem agravar o quadro da acne, por serem produtos oleosos. Dessa forma, os profissionais recomendam utilizar produtos com gel à base de água. Vale lembrar de que esses cuidados devem se estender ao rosto, evitando os cremes oleosos e dando preferência aos produtos não comedogênicos.

Importante ressaltar de que não adianta lavar o rosto diversas vezes com o objetivo de combater a acne, já que os médicos recomendam lavá-lo no máximo duas vezes por dia, pois a eliminação excessiva da oleosidade da pele pode fazer com que o organismo aumente a produção de sebo, como um mecanismo de rebote.

Para quem pretende evitar a acne da testa, mas não quer deixar de usar boné, a dica é que para cada hora de uso, ficar uns 15 a 20 minutos sem usar o acessório, além de não deixar tanto o cabelo na testa, deixando o visual inspirado em Justin Bieber para a balada ou ocasiões especiais.

Por Selma Isis