Xadrez: Confira seus benefícios à saúde e onde jogar online


Segundo esporte mais praticado no mundo, perdendo somente para o futebol, o xadrez não é um simples jogo: trata-se de uma atividade que envolve ciência e arte. Por ser um grande impulsionador de imaginação, já que contribui para a rapidez de raciocínio, capacidade de concentração e desenvolvimento da memória, o xadrez é uma atividade excelente para ser aplicada nas escolas, pois colabora muito no desenvolvimento intelectual da criança.

Arte de grande beleza e que apresenta diversas possibilidades ao jogador, foi comprovado de que o xadrez possui um importante papel na socialização, pois ensina aos participantes como deve lidar tanto com a vitória quanto com a derrota, pois mostra que nem sempre a primeira é sinônimo de sucesso, nem a segunda é sinônimo de fracasso.

Isso acontece porque o jogo tem a capacidade de mostrar as consequências de atitudes relaxadas e distraídas do jogador, que se não tenham sido calculadas com antecedência, pode perder a partida, bem como estimula o hábito de refletir bem antes de realizar qualquer jogada, além de ensiná-lo a ter responsabilidade por seus próprios atos.

O xadrez é um jogo de estratégia agradável e instrutivo, composto por um tabuleiro com 64 de cores alternadas, dividido em diagonais, fileiras, colunas e casas. O objetivo do jogo é bastante simples: atingir o rei do adversário, o famoso “xeque-mate”.

Vale lembrar de que o xadrez é um dos jogos de estratégia mais antigo do que se imagina. Não é possível calcular precisamente a sua origem, mas estima-se que o jogo tenha origens em um jogo criado na Índia no Século VI, chamado de “Sissa”.

Ao longo dos séculos e no período das grandes navegações, durante a Idade Média, a sua prática se disseminou pelos países da Europa, e se expandiu até à América após a colonização. Com o tempo, tornou-se um dos jogos mais populares do mundo, preferido de muitas personalidades ilustres de nossa história: Monteiro Lobato, Machado de Assis, Victor Hugo, Benjamin Franklin, Monstesquieu, Goethe, Voltaire, Einstein e Napoleão.

Inúmeras pesquisas realizadas em todo o mundo constataram os benefícios da atividade para o desenvolvimento do raciocínio e da memória para as crianças e para preservar por mais tempo a agilidade mental de adultos e idosos.

Segundo um antigo estudo realizado na extinta Alemanha Oriental, os cientistas compararam o desenvolvimento de grupos de estudantes de diversas idades, sendo separados em dois grupos: um composto por alunos que jogavam xadrez e outro formado por alunos que não realizavam essa atividade.

Os pesquisadores concluíram que o jogo de estratégia estimula a atividade intelectual e estabiliza a personalidade tanto de crianças e jovens ao longo de seu crescimento. Isso pôde ser comprovado especialmente na puberdade, já que os alunos que jogaram xadrez na infância apresentam uma quantidade menor de crises que se desencadeiam das transformações típicas dessa fase em relação aos jovens que não jogavam.

Além disso, as pesquisas comprovaram  o estímulo tanto da capacidade de cálculo como do raciocínio lógico, que são capazes de produzir excelentes resultados no desempenho escolar, em especial nas matérias de Matemática e Física.

Isso acontece porque, geralmente, os alunos que jogam xadrez passam a contar com uma nítida superioridade de concentração, memória, tenacidade e força de vontade. Dessa forma,o jogo é uma atividade extremamente saudável para pessoas de todas as idades. E o melhor: está cada vez mais acessível, já que existem na internet diversos sites e blogs onde é possível jogar online, sem precisar nem de tabuleiro ou de parceiro.

Uma boa opção de site especializado em jogos online de xadrez é o Clube do Xadrez on Line, que oferece as principais regras e dicas para iniciantes, além de divulgar as principais notícias sobre campeonatos de xadrez em todo o Brasil: www.clubedexadrezonline.com.br

Por Selma Isis