Usar fones de ouvido com som alto por muito tempo pode levar à perda de audição


Quem vive nas grandes cidades e utiliza frequentemente o transporte coletivo, com certeza já testemunhou diversas vezes momentos em que um passageiro escutava músicas usando fones de ouvido com um volume tão alto, que os demais usuários conseguiam ouvi-las perfeitamente.

Ouvir música em um volume muito alto, como sabemos, pode provocar danos à audição. Mas por que, então, muitas pessoas persistem nesse hábito ? Especialistas justificam que em geral, muitas pessoas acreditam que não irá acontecer nada com elas imediatamente, já que os danos só aparecem com o tempo.

Geralmente, grande parte das pessoas começa a perceber perda auditiva por volta dos 60 anos de idade. Porém, especialistas advertem que a atual geração, que está sempre com a música no celular ou no MP3 no último volume, poderá sentir esses sinais precocemente.

Isso acontece porque esses equipamentos já estão causando perda auditiva induzida pelo ruído, dessa forma, os jovens de hoje podem chegar aos 40 anos ouvindo mal. Os danos à audição podem ser irreversíveis, pois o ruído vai machucando as células auditivas.

Especialistas advertem de que quanto mais alto o volume e maior o tempo de exposição ao som, maior é o machucado. Existem lesões transitórias, que surgem quando a pessoa vai a um show de rock, por exemplo, e fique próximo das caixas de som; e as definitivas, que são provocadas por ruídos com alto volume em um longo período de tempo, como é o caso dos fones de ouvido. Importante ressaltar de que as lesões definitivas levam a pessoa a ter problemas de audição, além de tonturas e zumbidos no ouvido.

Para agravar o problema, ainda não existe uma limitação de volume nos equipamentos eletrônicos produzidos no Brasil, assim como o que ocorre nos Estados Unidos, que possui normas que estabelecem o volume máximo para os aparelhos de música.

Como as perdas auditivas são definitivas, vale a pena tomar cuidados com a audição o quanto antes, em especial quando for utilizar o fone de ouvido. Para evitar lesões no ouvido ao utilizar esse equipamento, na hora de regular o volume, procure deixá-lo em um número que seja aproximadamente a metade da escala.

Se existem cinco níveis de intensidade de volume, por exemplo, é melhor deixar entre o segundo e o terceiro. Vale lembrar de que em lugares com muito barulho a tendência é aumentar o volume, especialistas recomendam desligar o som.

Por fim, se forem utilizados de maneira correta, os fones de ouvido não serão prejudiciais à sua audição.

Por Selma Isis