Feng Shui: Qualidade de vida e bem estar começam pelo jardim


Acredita-se que o espaço em que vivemos pode nos afetar positiva ou negativamente. De acordo com o Feng Shui, existe uma troca de energia constante entre a natureza e o homem. Esta técnica é utilizada para melhorar este relacionamento, enaltecendo os locais de boa energia menos favorável.

É possível adotar o Feng Shui em casa, no trabalho ou em qualquer outro lugar no qual a pessoa passe um longo período do seu dia, pois ele ajuda a harmonizar o ambiente, trazendo mais saúde, prosperidade e equilíbrio emocional para as pessoas que ali convivem.

O uso correto do Feng Shui abrangeria desde a escolha do terreno para a construção, a posição da casa, a determinação da porta de entrada, dos quartos, da localização da cozinha, garagem, até a área de lazer para a família. Porém, na maioria das vezes, as pessoas que pretendem utilizar a técnica, já possuem a casa construída.

Nesses casos, o trabalho do profissional é o de fazer um mapeamento energético do espaço e detectar os locais de energia favoráveis, bons para a permanência ou desenvolvimento de atividades, e neutralizar os locais de energia desfavoráveis.

Como o imóvel sempre está inserido em um terreno ou jardim, ao utilizar o Feng Shui nessas áreas abertas, o proprietário estará também harmonizando o ambiente como um todo e seus habitantes, uma vez que todo o entorno ficará mais equilibrado.

O jardim é o lugar da casa onde se tem mais contato com a natureza. Paisagistas apontam que podem utilizar esse elemento a nosso favor, incrementando alegria, prosperidade e bem estar. Por isso a harmonização nesse espaço é fundamental.

Como é feita a decoração do jardim usando a técnica do Feng Shui

O estudo deve ser feito por um profissional paisagista, levando em conta o local e observando o terreno, a vizinhança, a vegetação nativa, a rua, a insolação, a incidência de ventos, a posição da casa, a porta de entrada, o tipo de material usado na construção e ao redor da casa, as cores. Também é preciso considerar seus habitantes, observando as datas de nascimento e personalidades.

Durante o estudo, é feito um cruzamento de todos esses dados para identificar os locais de melhor energia no terreno e como deve ser esse jardim, para que seus moradores desfrutem de uma vida mais saudável. É comum encontrar determinados pontos onde a permanência traga mais benefícios para um do que para outro morador da casa.

Para obter um resultado ainda mais eficaz para seus projetos, o paisagista costuma recorrer ao auxílio do pêndulo em seus trabalhos. O pêndulo de Feng Shui serve para a comprovação do diagnóstico feito, por ser mais sensível para detecção das energias positivas e negativas.

Quem pode utilizar

Qualquer pessoa que tenha um pedaço de jardim em volta da casa, mesmo que seja só na entrada. Para quem mora em apartamento e tem espaços reduzidos como varandas, floreiras ou vasos, a eficácia diminui, uma vez que a interferência será proporcionalmente bem menor do que a área da residência.

Especialistas apontam que o envolvimento do cliente com o processo é fundamental. Isso porque quem contrata esse trabalho precisa estar muito engajado, pois será necessário que ele execute na íntegra o projeto estabelecido.

Por Selma Isis