Babás e Vovós Eletrônicas: Aparelhos ajudam os pais a cuidarem de recém-nascidos

Passada a ansiedade do nascimento do bebê, normalmente os pais de primeira viagem ficam muito preocupados com os bebês recém-nascidos, pois não conseguem compreender o que eles desejam, já que só conseguem se comunicar por meio do choro.

Além disso, assim que põem a criança para dormir, não conseguem descansar completamente, pois ela pode acordar a qualquer momento e chorar para mamar ou trocar as fraldas, por exemplo.

Dessa forma, para proporcionar maior tranquilidade aos pais e mães de primeira viagem, a tecnologia pode ser uma importante aliada, já que existem aparelhos que são importantes aliados na hora dos cuidados com os recém-nascidos: a babá e a vovó eletrônica.

No caso da babá eletrônica, o aparelho tem como função monitorar o sono do bebê, uma vez que qualquer movimentação, choro ou resmungo pode ser ouvido em qualquer local da residência pela pessoa que estiver carregando o objeto.

Na hora de optar por um aparelho de babá eletrônica, é recomendado comprar um equipamento que conte com um visor, já que dessa forma os pais poderão ver se o bebê está acordado e se é realmente necessário ir até ao seu quarto.

Além disso, é importante conferir o alcance do aparelho, pois ele deve abranger a casa toda. Vale ressaltar de que o produto também deve ser equipado com luz noturna para que não seja necessário acender a luz do quarto para ver o bebê.

Para as famílias que viajam muito, é recomendado escolher uma babá eletrônica bivolt, para poder utilizá-la no local em que estiver. No caso de famílias que têm mais de um bebê em casa, prefira os aparelhos que possam ser instalados em diversos cômodos da residência, para facilitar a vigilância dos pais, que podem descansar um pouco da rotina puxada da pós-gestação.

Uma das melhores opções em babás eletrônicas disponíveis no mercado é a Babá Eletrônica Digital com monitor colorido da Pqno Bebê. O aparelho conta com luz noturna, bivolt, sistema que identifica e informa a temperatura ambiente, câmara wireless, zoom e alarme sonoro. Custa R$ 499 na rede de hipermercados Walmart: www.walmart.com.br
 

Já a vovó eletrônica, batizada com esse nome pelo fato de conseguir identificar por que o bebê está chorando, e dá as sugestões de como resolver, como dar de mamar, pegar no colo ou fazer um carinho, por exemplo.

Idealizada pelo engenheiro espanhol Pedro Monagas, que farto de ouvir os choros de seu filho, resolveu criar um aparelho para resolver o problema, que traduz os choros dos bebês. Para alcançar 98% de eficácia, o engenheiro gravou o choro de seu bebê e de mais de 150 crianças, fazendo uma comparação de incidências, períodos, tons e timbres, que foram transferidos em um gráfico, sendo posteriormente avaliados por um pediatra.

Dessa forma, cada tipo de choro foi comparado com as necessidades das crianças. Na época de seu lançamento, em 2004, o aparelho foi testado em 2.400 crianças norte-americanas, obtendo um índice de acerto de 98%.

E o melhor é que o produto está disponível no Brasil, sendo distribuído ao mercado pela empresa JP Tech. Custa R$ 219,00 no Submarino: www.submarino.com.br. Veja fotos abaixo:
 

Por Selma Isis