Acupuntura: Trata diversos males naturalmente


Tendo surgido há mais de quatro mil anos na China, a acupuntura chegou ao Brasil trazida por imigrantes chineses no século passado, sendo a prática medicinal que mais cresce no país. O Brasil possui 2,4 mil médicos especialistas na terapia chinesa e mais cinco mil prestes a concluir especialização. E olhe que o Conselho Federal de Medicina reconheceu a acupuntura como técnica médica há apenas 16 anos.

O que leva diversas pessoas a procurarem tratamento é o fato de atingirem alívio para diversos problemas que as incomodavam há muito tempo. Segundo especialistas, a acupuntura previne e trata doenças através do manuseio de agulhas metálicas, utilizando a energia do próprio corpo.

Através da agulhada em um determinado ponto do corpo, estimula a produção de substâncias analgésicas a anti-inflamatórias, em doses suficientes para aliviar dores. Profissionais da área expõem que a acupuntura é tão interessante que cura todas as doenças que envolvem o corpo como um todo.

Ao longo de 16 anos da atuação da acupuntura como prática médica, médicos especializados expõem que a terapia oferece excelentes resultados. A lista de doenças curadas ou amenizadas pela prática milenar chinesa é extensa: nervo ciático, pressão alta, gastrite, lombalgia, problemas no fígado, estômago, intestino delgado e grosso.

Além dos problemas físicos, problemas emocionais podem ser tratados com acupuntura, como: depressão, síndrome do pânico e estresse. Especialistas que atenderam a pacientes com esses problemas obtiveram excelentes resultados.  E o melhor: a acupuntura é muito simples, não provoca efeitos colaterais, representando risco zero à saúde, além da inserção de agulhas ser praticamente indolor.

A acupuntura também ajuda o paciente a parar de fumar. Vale lembrar de que o paciente deve estar atento ao uso das agulhas no tratamento, que deve ser realizado somente com agulhas descartáveis. Para garantir maior segurança, exija que o profissional abra a embalagem das agulhas em sua presença, e que descarte-as imediatamente após o uso.

Adotar a acupuntura de forma preventiva é tão interessante que, mesmo para aqueles que “acham que não precisam”, devem fazer pelo menos uma sessão por semana. O seu poder de imunização tem sido comprovado pelos pacientes que se tratam com ela.

Ao final do tratamento, o resultado é sempre satisfatório, quer na prevenção das doenças como na cura propriamente dita. Ultimamente vem aumentando o interesse popular por essa ciência e, aqueles que conhecem, dificilmente se afastam dela, para o resto da vida.

Tribunal decide que terapia deve ser realizada somente por médicos

A acupuntura, prática medicinal milenar e que mais cresce no Brasil, é alvo de uma decisão polêmica: no dia 27 de março, uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região- TRF1 determinou que o tratamento e o diagnóstico e o tratamento das doenças no país são atividades reservadas exclusivamente dos formados em medicina.

Dessa forma, o Tribunal atendeu aos argumentos que foram apresentados pelo Conselho Federal de Medicina, que desde 2001 pedia a anulação das resoluções anteriores que autorizavam que a acupuntura fosse realizada por fisioterapeutas, farmacêuticos e psicólogos.

Com isso, assim que o TRF1 publicar a decisão sobre a matéria, os profissionais que não tiverem habilitação em Medicina na prática da acupuntura não estão mais autorizados a exercer essa atividade.

Por Selma Isis