Dor de Cabeça: Chega ao mercado nova embalagem de uma drágea da Neosaldina


Nos dias mais quentes e ensolarados, muitas pessoas costumam sofrer de cefaleia, dor de cabeça decorrente de muito tempo de exposição ao sol, ou então de muito tempo sem se alimentar. Nesses momentos, procuramos um farmacêutico ou um médico em um posto de saúde que costumam indicar analgésicos para alívio da dor de cabeça.

Porém, existe uma situação corriqueira depois que tomamos a medicação recomendada. Normalmente apenas uma drágea já é o suficiente para se livrar da cefaleia. O problema é que esses medicamentos costumam ser vendidos em embalagens com quatro comprimidos.

Dessa forma, os comprimidos restantes acabam indo para em um compartimento esquecido da bolsa ou no armário ou gaveta de medicamentos de casa. O problema é que assim como qualquer produto perecível, remédios têm prazo de validade e podem prejudicar a saúde se ingeridos depois do vencimento.

Outro problema é que quando sobram analgésicos em casa, as pessoas têm uma tendência maior a se automedicarem, sem saber se esse medicamento é realmente adequado, deixando de procurar um médico.

Uma novidade lançada recentemente no mercado promete amenizar os riscos de automedicação ou de ingerir um medicamento vencido: trata-se da nova embalagem do analgésico Neosaldina, que vem com apenas uma drágea.

Marca presente no Brasil desde 1972, a Neosaldina é líder de vendas na categoria de analgésicos, sendo o segundo medicamento comercializado no Brasil, conforme a empresa auditora do mercado farmacêutico, a PMB/IMS. A marca tem como objetivo facilitar o acesso da população ao analgésico, além de proporcionar maior portabilidade e praticidade, pois é possível levar uma embalagem para o trabalho, para a faculdade, clube, praia e passeios.

A embalagem de dose única completa a linha de analgésicos da Neosaldina, que é vendida também em embalagem com 20 comprimidos, quatro comprimidos e na versão em gotas, com 15 ml.

Importante ressaltar de que a Neosaldina se classifica com o rótulo de MIP, sigla para Medicamento Isento de Prescrição médica, por isso pode ser adquirido diretamente com o farmacêutico. Mas é importante ler atentamente à bula e consultar um médico caso os sintomas não desapareçam.

A Neosaldina em versão dose única já está disponível nas farmácias e drogarias desde setembro do ano passado, e já vem sendo bem aceita pelos consumidores, pois o laboratório fabricante Takeda registrou um aumento de 13,2% do total de unidade de cartelas vendidas pela marca.

Com formulação composta por cafeína, mucato de isometepteno e dipirona, na versão em comprimidos, e com cafeína, cloridrato de isometepteno e gotas dipirona na versão em solução oral, a Neosaldina é indicada para cólicas e diversos tipos de dores de cabeça. Normalmente a dosagem indicada varia de uma a duas drágeas, sendo que a dosagem correta é informada na bula do medicamento.

Além das farmácias e drogarias físicas, também é possível adquirir a nova versão da Neosaldina em dose única na internet. Confira alguns sites que oferecem o medicamento e seus preços:

Na Drogaria São Paulo, a cartela com uma drágea de Neosaldina está sendo vendida por R$ 0,79: www.dsponline.com.br

Na Drogaraia, a Neosaldina com um comprimido está sendo comercializada pelo preço de R$ 0,72: www.drogaraia.com.br

Na Drogasil, a nova versão do analgésico está sendo oferecida pelo preço de R$ 0,70: www.fonefarmacia.com.br

Por Selma Isis