Bolsa Família 2012 – Veja como se cadastrar, calendário e pagamentos


Há quase dez anos, um programa de transferência de renda para famílias carentes, o Bolsa Família, procura promover o alívio imediato da pobreza, por meio de uma determinada quantia necessária ao seu sustento.

Para receber o auxílio da Bolsa Família, as famílias devem se encontrar em uma extrema situação de pobreza, ou seja, tenha renda por pessoa de R$ 70,00 até R$ 140,00, que tenham crianças e filhos adolescentes.

Além disso, devem se comprometer em manter os filhos crianças e adolescentes na escola; acompanhar o estado nutricional dos membros da família além de participar de programas de educação alimentar promovidos pelo governo federal, estadual ou municipal na localidade onde vivem. Vale lembrar de que famílias sem filhos, que tenham renda mensal per capta de até R$ 70,00, também podem participar do Bolsa Família.

Isso acontece porque o Bolsa Família foi criado para aliviar imediatamente a pobreza, fazendo parte de diversas políticas públicas promovidas pelo Governo Federal, para tirar milhões de brasileiros da situação de pobreza extrema, bem como possam participar de programas para aumento da renda e melhoria da qualidade de vida.

Dentre os diversos programas que integram o Bolsa Família, estão programas de alfabetização de adultos; geração de trabalho e renda, bem como fornecimento de registro civil e outros documentos para que possam exercer sua cidadania e trabalhar.

Além disso, o Bolsa Família faz parte do Programa Fome Zero do Governo Federal, que tem como objetivo garantir uma alimentação adequada às pessoas em situação de extrema miséria, além contribuir para a conquista da cidadania.

Vale lembrar de que o Programa Bolsa Família ajuda às prefeituras e administrarem os programas de assistência social controlados por elas, como a Bolsa Alimentação; Cartão Alimentação; Bolsa Escola; PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e Auxílio-Gás.

O Bolsa Família ainda permite ainda um maior controle, transparência e eficiência nos gastos públicos, já que o benefício é pago diretamente às famílias, através de um cartão magnético, tendo a ajuda da rede de atendimento dos bancos e postos bancários da Caixa Econômica Federal.

Para se cadastrar no Bolsa Família, as famílias em situação de pobreza extrema, com renda inferior renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos, devem procurar a secretaria de assistência social ou similar de sua cidade, já que são os municípios que realizam o Cadastro Único, para que possam receber o Bolsa Família e outros benefícios assistenciais do Governo Federal.

Dessa forma, após o cadastro feito nas prefeituras, as famílias devem aguardar a autorização do Governo Federal para que possam receber o Bolsa Família. Para o ano de 2012, as famílias em situação de extrema pobreza, independentemente do número de integrantes, recebem R$ 70,00 mensais.

No caso das famílias cadastradas com filhos crianças e/ou adolescentes, recebem um benefício variável de R$ 32,00 por criança ou adolescente, na faixa de 0 a 15 anos que estejam sob sua responsabilidade. Para filhos adolescentes com idades de 16 e 17 anos, esse valor sobe para R$ 38,00.

Dessa forma, as famílias podem acumular o benefício básico de R$ 70,00 com os benefícios variáveis de R$ 32,00 e/ou R$ 38,00, até o valor máximo mensal de R$ 306,00.

Depois que efetuado o cadastro e a aprovação do Bolsa Família, o cartão magnético para o recebimento do benefício será entregue para o pai ou a mãe da família, que receberá o pagamento conforme o calendário 2012 do Bolsa Família, que está disponível no site da Caixa Econômica Federal:

https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp

Por Selma Isis

2 comments

  1. beneficio social disse:

    Gostariam de ter uma informacao a respeito do meu bolsa familha ,o beneficio caiu na cota do caixa facil,e eu nao consigo sacar tambem o saudo comta zerado ,o dinheiro caiu dia 22 e ate hoje nao comsegui sacar.

  2. marcio disse:

    ola´morro perto de uma vizinha,que morra com 4 pessoas em sua casa e recebia o bolsa familia ate que um dia ela foi fazer o cadastramento,e o rapaz disse a ela que ela não podia ficar recebendo.porque o marido era assalariado e tem duas crianças na escola uma de 9 anos e outra de 12 dai então ela não recebeu mais o que fazer para ela ficar recebendo ..
    obrigado

Comments are closed.