Chery S-18: Chega ao Brasil o primeiro carro chinês bicombustível


Com as constantes oscilações de preço de combustível, uma tecnologia desenvolvida por engenheiros brasileiros revolucionou o mercado de veículos nos últimos anos: os motores flex, equipados com um software que possibilita o funcionamento tanto a álcool como gasolina, que passaram a ser os preferidos dos motoristas brasileiros.

De olho nesse mercado, as montadoras recém-chegadas também resolveram investir nessa tecnologia, já que os automóveis e até as motocicletas equipadas como motores flex tornaram-se os preferidos dos brasileiros, um dos mais promissores mercados de veículos do mundo.

Uma das empresas que pretende ampliar o seu mercado no Brasil, a chinesa Chery Motors, lançou em janeiro o primeiro carro chinês bicombustível do Brasil, o modelo hatch compacto S-18, que conta com uma generosa lista de itens de série por um preço competitivo: R$ 31.990.

Voltado para o trânsito urbano, já que possui comprimento de apenas 3,6 metros (cerca de 30 cm mais curto do que o Volkswagen Gol), o hatch chinês conta com uma série de itens de série que costumam ser encontrados somente como opcionais nas outras marcas, e em versões superiores e mais caras.

O Chery S-18 conta com os seguintes itens de série: freios ABS (com sistema antitravamento); airbag duplo; som com MP3 e USB; direção hidráulica, ar condicionado e trio elétrico. O S-18 ainda conta com rodas de liga leve, transmissão manual de cinco marchas, e pneus 175/60 R14.

Vale lembrar de que os itens de segurança e conforto também abrangem: luz de alerta de portas abertas, travamento das portas a distância e alarme, sendo que alguns deles são incomuns para os veículos comercializados no mercado nacional com essa faixa de preço.

Com design italiano, concebido pelo estúdio italiano Torino, o S-18 segue as linhas de seu “irmão”, o subcompacto Chery QQ, onde as curvas predominam e conta com diversos itens de conforto para agradar aos motoristas que trafegam boa parte do dia na cidade, pois conta com diversos porta-objetos, um porta-malas modesto (leva somente 160 litros de bagagem) e um motor ágil o suficiente para o trânsito urbano.

O S-18 vem equipado com motor 1.3 com 16 válvulas, cuja potência máxima segundo a montadora é de 91 cv a 5.600 rpm abastecido com álcool. Caso o hatch chinês seja abastecido com gasolina, segundo a Chery, sua potência cai apenas 1 cv.

O hatch chinês da Chery pretende abocanhar uma fatia do mercado de motoristas que desejam um veículo compacto para rodar na cidade, que conte com bons itens de conforto, alinhado à economia de combustível e agilidade no trânsito.

O modelo também pode ser uma boa opção para o segundo automóvel da família, para ser utilizado pela esposa, para o filho que completou 18 anos, ou para os jovens que pretendem adquirir seu primeiro veículo, já que possui uma cartela de cores descolada, como as cores dourada e vermelha.

Disposta a cativar clientes no Brasil, a Chery além de anunciar a instalação de uma fábrica no Brasil, ainda oferece garantia de três anos para seus veículos e serviço de assistência técnica 24 horas.

Para mais informações, acesse: http://www.cherybrasil.com.br/

Abaixo, fotos do novo Chery S-18 (clique nas fotos para ampliar):