Opções de shampoo antiqueda: produto não faz milagre, mas ajuda a combater o problema

Dependendo da época do ano, ou por problemas decorrentes do estresse, físicos ou emocionais, muitas pessoas sofrem com a queda de cabelo. E para enfrentar esse problema, uma das saídas mais procuradas é optar por usar shampoos antiqueda. Porém, segundo os especialistas, não existe nenhum shampoo antiqueda, já que como os ativos da fórmula do produto são muito grandes, eles não têm condições de penetrar no couro cabeludo e consequentemente, no bulbo capilar.

Mas, o produto pode não fazer milagre, mas tem muita importância para tratar o problema, pois se ele for específico para determinada necessidade dos cabelos, ele soluciona problemas no local, que apesar de não serem os fatores principais de queda, agravam o problema.

É o que acontece com os shampoos anticaspa e antisseborreicos, podendo ser encontradas versões no mercado tanto cosméticas ou medicinais. A diferença está na concentração dos ativos, pois os cosméticos contam com uma quantidade menor de nutrientes dos shampoos medicinais.

Atualmente existem no mercado diversas opções de shampoos que tratam o problema, conforme a necessidade do couro cabeludo de cada pessoa. Para combater a queda dos fios, o importante é optar por shampoos que fortaleçam os fios.

As opções ideais de shampoos antiqueda são os que possuem moléculas ou de silicone ou de queratina, para que possam formar uma camada protetora que se adere aos fios, protegendo-os de quebras. No caso do shampoo antiqueda, para combater a queda de forma eficiente, é preciso ter atenção especial na hora da lavagem.

A dica para que os princípios ativos do shampoo atuem de forama eficaz, é a seguinte: Primeiro aplique um pouco do produto no couro cabeludo, e em seguida, faça uma massagem com a polpa dos dedos. É importante deixar o produto agir por aproximadamente três minutos nos cabelos, antes de enxaguar.

Para encontrar a opção de shampoo antiqueda ideal para você, uma consulta com um médico especialista é fundamental para que ele possa avaliar e escolher o produto mais indicado para o seu caso.

Os shampoos antiqueda costumam ter fórmulas variadas, conforme a necessidade. Os tipos mais comuns são:
Shampoos antioleosidade: indicados para quem produz oleosidade excessiva no couro cabeludo, o que provoca a obstrução dos folículos capilares, que consequentemente, provocam a queda de cabelo;

Shampoos Anticaspa:
Nessa opção o produto conta com princípios ativos em sua fórmula destinados a combater a descamação do couro cabeludo, outro fator que provoca a obstrução dos folículos, colaborando na queda dos fios;

Shampoos Hidratantes:
Possuem fórmula que impermeabiliza tanto os fios como o couro cabeludo, evitando a perda de umidade, bem como evita as descamações do couro cabeludo, uma das causas da caspa;

Shampoos Neutros:
Indicados para couros cabeludos que estão irritados ou com alergias, por conta com um pH mais neutro, menos agressivo à pele que está sensibilizada;

Shampoos Anti-resíduos:
A fórmula desses produtos possui menos detergente, o que ajuda a retirar as substâncias acumuladas no couro cabeludo e fios, decorrentes dos shampoos comuns. Porém, esse produto deve ser usado somente a cada 15 dias;

Fontes: Médicos dermatologistas Cid Yazig Sabbag e Francisco Le Voci, dermatologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo e da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB), em entrevista para o portal Uol.