Faseolamina: substância obtida do feijão branco reduz gordura e açúcar

Com o verão cada vez mais perto, começa mais uma temporada com corpos à mostra e mais um período de preocupação para as pessoas que estão acima do peso, procurando meios que possam ajudar a emagrecer mais rápido.

Sabemos que a perda de peso é obtida com uma redução no número de calorias ingeridas por dia, combinada com exercícios físicos regulares. É preciso ter paciência e determinação para se ter um peso ideal, que deve ser mantido com uma mudança radical no estilo de vida, especialmente para pessoas que têm tendência para engordar.

Porém, uma substância encontrada no feijão branco pode ajudar a emagrecer. A Faseolameina ajuda a inibir a ação da enzima alfa-amilase, responsável por digerir o amido que ingerimos através dos carboidratos, nutrientes que não devemos deixar de consumir, mesmo durante a dieta, por garantir a energia necessária para realizar as atividades do dia.

Resumindo, essa substância encontrada no feijão branco ajuda a reduzir a quantidade de açúcar que é absorvido no intestino delgado, de forma que o organismo absorva menos amido dos alimentos ricos em carboidratos, como massas, batatas, arroz, pães, entre outros. Além disso, a faseolamina é um boa alternativa para pacientes com a diabetes tipo melitus, que não necessitam usar insulina.

A substância é obtida por meio de um meticuloso processo que envolve moagem, drenagem, filtragem, entre outros, para se obter um produto estável que possa ser transformado em cápsulas, para que não altere suas propriedades perante aos ácidos do organismo que realizam o processo digestivo, nem sob temperaturas altas. Dessa forma, o produto possui uma ação contínua logo que é ingerido.

Ao contrário dos ditos emagrecedores “milagrosos”, o produto é indicado por profissionais da saúde para pessoas que desejam perder peso de forma saudável. O produto tem a aprovação do FDA americano, órgão que regula a venda de remédios e alimentos nos Estados Unidos, desde 1980.

Em seu artigo no site Corpo Perfeito, a nutricionista Denise Costa expõe que com o visível crescimento da obesidade em todo o mundo, é fundamental de que sejam buscadas soluções para o combate a essa epidemia, com o objetivo de manter a população com um peso adequado para que viva com saúde. Além disso, permite que a pessoa possa ingerir carboidratos, sem que eles colaborem no ganho de peso.

Muitos laboratórios farmacêuticos já produzem e comercializam suplementos à base de faseolamina, porém, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que controla a venda de alimentos e medicamentos no Brasil, estabelece de que o produto só pode ser vendido de forma personalizada mediante indicação médica.

Tanto a manipulação da fórmula como a embalagem para o envio só são feitas após a aprovação por parte do farmacêutico responsável pelo laboratório, por isso, esses produtos costumam demorar um dia a mais para serem entregues do que outras fórmulas.

Normalmente, a dose recomendada é de duas cápsulas por dia, sendo que uma delas deve ser tomada uma hora antes do almoço e outra uma hora antes do jantar. Não se deve ultrapassar a quantidade de ingestão de duas cápsulas diárias.

O site www.onlinefarma.com.br vende as cápsulas de faseolamina em embalagens com 60 unidades de 500mg pelo preço de R$ 39,90, mediante receita médica.

Por Selma Isis