Anvisa proíbe alimentos e bebidas à base de Aloe Vera (Babosa)


Uma decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada no Diário Oficial da União no último dia 14 de novembro é motivo de muita discussão: a Agência proibiu a venda, importação e fabricação de alimentos e bebidas à base de Aloe vera, planta também conhecida pelos brasileiros como Babosa.

Segundo informe técnico divulgado pela Anvisa, não existem provas de que comprovem a segurança no consumo desses alimentos e bebidas. A planta costuma ser muito usada como ingrediente de produtos para cabelo e corpo, mas, nos últimos anos, o Aloe vera também fazia parte da composição de alimentos e bebidas, que visavam inclusive, ao emagrecimento.

Para que se encaixe na categoria de classificação de “novos alimentos” da Anvisa, o Aloe vera deve se registrar na Agência para ser vendido com essa finalidade. Dessa forma, segundo a resolução da Anvisa, o uso da planta agora está autorizado apenas se for aplicado com um aditivo na função aromatizante nas bebidas e alimentos. Além de se manter liberado o seu uso em cosméticos.

O nome Aloe vera é a denominação científica para a planta, que no Brasil também é chamada de Babosa. Originária do norte do continente africano, costuma ser muito usada como ingrediente de cosméticos, por oferecer benefícios como agir como um desintoxicante, auxiliar na digestão, ação antialérgica e laxativa.

Dentre as propriedades medicinais do Aloe vera não comprovadas, os fabricantes costumavam vender o suco da planta como um remédio para combater diversas doenças, como gastrite, diabetes, úlcera, tosse, artrite, câncer e problemas no sistema imunológico. Mas não foram encontradas evidências de que constatassem de que a ingestão de Aloe vera combatia esses problemas de saúde.

Além disso, o informe técnico da Anvisa expôs que até o momento as avaliações científicas até o momento não encontraram evidências de que o consumo do Aloe vera como alimento é seguro. Por isso, a Agência justifica a proibição visando proteger e garantir a saúde da população.

Dessa forma, no mesmo documento, a Agência estabelece que os alimentos e bebidas que contém Aloe vera não devem ser vendidos no país até que se comprovem os requisitos legais que atestem a sua segurança.

Um dos principais pontos que levara a Anvisa a tomar essa decisão foi o fato de que duas substâncias encontradas na planta: antraceno e a antraquinona, possuem propriedades mutagênicas, ou seja, podem provocar mutação nas células do organismo.

Além disso, a resolução também expõe de que o Aloe vera possui produtos de biotransformação tóxicos em potencial, que não possibilitam efeitos apenas imediatos e que se correlacionam com o seu consumo, mas também proporcionam efeitos que podem se instalar no organismo a longo prazo e sem sintomas, que podem levar a pessoa a um problema de saúde grave, que pode ser até fatal.

A decisão da Anvisa provocou uma série de comentários e discussões nos principais sites na internet. Isso porque o consumo da planta como alimento é liberado em muitos países, como o Japão. Além disso, muitos internautas comentam de que consumiam o produto e se sentiam bem.

E você, o que achou da proibição da Anvisa ? Deixe aqui sua opinião !

Por Selma Isis

1 comment

  1. Fernanda Costa disse:

    Gostaria de comentar,que sou consumidora desses produtos há 4 anos e meio e só tenho elógios,graças ha Deus e a essa maravilhosa Empresa F.LP ,o meu filho de 4 aninhos não tem mais problemas pulmonares ele tinha asma….e outro resultado maravilhoso foi do meu esposo que tinha apenas 6 meses de vida com problemas no figado com 22 dias seu figado foi restaurado…agora será que tem alguen que tenha a coragem de dizer algo de ruin dos nossos produtos?que tem ajudado a tantas pessoas a mudaren de vida!!! meu Deus só tu pra mudar essa situação…pra min,tudo isso tem aver com a industria farnaceutica,que está desisperada,porq seus clientes estão opitando pelo caminho mais natural o possivél…
    mas tenho certeza que irá simmm se reverter..
    Abraço ´ha todos ….e Fiquem firme e fortes a batalha já esta ganha em nome do todo Poderoso JESUS.

Comments are closed.