Valor do Seguro Volkswagen Golf 2.0: desde 2006 modelo vem com rastreador de fábrica,o que ajudou a baixar o preço

Um dos veículos médios com “pegada” esportiva mais apreciados pelos brasileiros é o Volkswagen Golf. O modelo surgiu na Alemanha em 1974, e desde então é um dos maiores sucessos da montadora alemã em todo o mundo. Sua primeira versão, o GTI, chegou a ser apelidado de “Pocket Rocket” (o que quer dizer “foguete de bolso” em inglês). Além disso, ele serviu de inspiração para que a Volkswagen do Brasil criasse o Gol, o hatch pequeno de maior sucesso no Brasil de todos os tempos.

Mas no caso do Golf ele só chegou ao Brasil em 1994, quando já estava em sua segunda geração, e que fez muito sucesso no país. No caso dessa versão, o GTI 2.0, o automóvel era importado da fábrica da Volks no México, e conquistou os fãs de carros mais potentes, espaçosos e com um apelo esportivo.

No ano seguinte, em 1995, desembarcou no Brasil a terceira geração do Golf, a versão GL, produzida na fábrica da Volks na Alemanha, com motorização de 1.8 l, bem como a versão GLX com motor 2.0, que por sua vez, era importado do México.

Em 1998, passou a ser importada a quarta geração do modelo, em três versões: SR com motor 1.6;  a 2.0 e o GTi com 1.8l e motor turbo. Vale lembrar de que todos esses modelos vinham com carroceria de quatro portas. Isso porque somente em 2001 é que a Volks disponibilizaria modelos de duas portas do Golf no Brasil.

Foi no início dos anos 2000 que o Golf passou a ser fabricado no Brasil, ficando com o seu preço mais competitivo e sendo ainda mais apreciado pelos brasileiros. O veículo passou  a ser fabricado na planta de São José dos Pinhais, cidade localizada na região metropolitana de Curitiba (PR). Na época a linha do Golf compartilhava com a produção do Audi A3, já que contam com a mesma plataforma e grande parte da produção era destinada à exportação para a América do Norte.

Desde que passou a ser produzido no país, o Golf só se aprimorou e ficou mais sofisticado. Porém com a sua nacionalização, o seu preço reduziu, competindo em pé de igualdade com o GM Astra, considerado o seu “arqui rival”.

Além disso, um dos trunfos que a GM alegava ser mais vantajoso no Astra, que era o seguro, caiu por terra a partir de 2006. Isso porque como de fato o Golf por ser muito veloz, era muito visado por assaltantes, especialmente nas grandes cidades, por ser um veículo próprio para fugas após assaltos.

Por isso é que até então o seu seguro era extremamente alto, aliado ao fato de ser um veículo importado. Atenta a esse detalhe, a Volkswagen incorporou o rastreador por satélite como item de série do veículo. Com isso, o seu índice de recuperação passou a ser quase de 100% o que passou a baratear o preço do seguro, em especial das versões 2.0 do Golf, que sempre foram as mais visadas por assaltantes.

Após a implantação do rastreador por satélite, o seguro do Golf 2.0 em seu primeiro ano de vida, gira em torno de R$ 1.500,00, de acordo com o perfil do condutor e com a região onde vive o usuário, que pode aumentar ou diminuir.