Femproporex, Anfepramona e Mazindol: Anvisa proíbe a venda de medicamentos derivados dessas três substâncias


Com o verão cada vez mais próximo, aumenta a preocupação de muitas pessoas em emagrecer, ainda mais para quem está com muitos quilos a mais e pretende passar as férias de verão na praia e teme não se sentir à vontade com o excesso de peso.

Mas a tarefa de emagrecer não costuma ser fácil. Normalmente, para se emagrecer com eficácia é necessário que a pessoa faça uma dieta com a ingestão de alimentos menos calóricos, aliados à prática de exercícios físicos. Além disso, dependendo do caso, o médico endocrinologista costuma indicar o uso de um medicamento inibidor de apetite.

Porém, desde o último dia 04 de outubro, os médicos endocrinologistas estão tendo uma certa dificuldade em escolher um remédio inibidor de apetite para os seus pacientes, já que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), proibiu a venda de medicamentos inibidores de apetite cujas fórmulas sejam derivadas das anfetaminas: Femproporex, Anfepramona e Mazindol.

Até então as três substâncias eram comercializadas legalmente no Brasil. E sua proibição foi criticada por alguns médicos, pois muitos consideram que retirá-las do mercado é acabar com as únicas ferramentas que auxiliam o obeso. Além disso, os medicamentos por serem indicados para pacientes com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 30 (índice de obesidade)costumam ser indicados para uso máximo de três meses.

Foram os efeitos colaterais das anfetaminas que levaram a diretoria da Anvisa a proibir a sua comercialização. Isso porque os anfetamínicos atuam no sistema nervoso central, reduzindo a sensação de fome, sendo chamados de anorexígenos. Os anfetamínicos podem causar os seguintes efeitos colaterais: hipertensão; taquicardia; dependência; síndrome do pânico; depressão; boca seca; insônia e agitação.

A decisão da proibição da venda dos anfetamínicos foi justificada pela diretoria da Agência pelos seus resultados não terem sido realmente comprovados no combate à obesidade, bem como apresentarem mais riscos à saúde do que benefícios.

Dessa forma, as farmácias terão um prazo de 60 dias a contar da decisão da Anvisa para retirar os medicamentos à base de anfetamínicos das prateleiras, sob pena de multa. Somente os remédios à base da substância Sibutramina podem ser indicados pelos médicos endocrinologistas, porém para uso restrito e controlado, com acompanhamento do profissional e receita emitida com validade de 30 dias.

Sendo assim, se você deseja emagrecer com saúde, consulte um médico endocrinologista de confiança, para que ele faça uma avaliação minuciosa e indique o tratamento e dieta adequados ao seu caso.

Por Selma Isis

6 comments

  1. Francisco Luiz Schettino - médico disse:

    Benefícios são maiores que malefícios; isso sim, o problema é a pressão economica que coloca lucros, acimas dos benefícios,pois desobe-se 16,00 reais, e quem sabe luraglutida 400,00 reais…..será que a anvisa consultou o ministério da saúde? caso seje aprovado para emagrecer sera distribuido de graça? Coitado dos menos favorecidos, que engordarão e ficarão diabéticos, com pé diabético….O Sus deixa morer depois né? Quem pode sobrevive, quem não pode morre, e puxa a perna da diretora amanhã……..
    Sou a favor de diminuição da dose dos 3 medicamentos, assim como os placebos, já foram provados que minimizam ……surdez, incompetencia, deixe viver os pobres, o governo não é PT, então distribua sibutramina, luraglutida no mercado, não as custas de quem trabalha, nós médicos , coloquem na conta dos deputados, aqueles 500….sabe né ? abaixa o imposto de renda, e retira mordomias do lula, Dilma, aviões fantásticos que custaram milhoes de dolares, doem aos pobres e os previnam da obesidade, e da morte. Não receberam votos contando com os pobres enganados, sejam o mínimo seres humanos, pois os amimais só se defendem quando são atacados ou famintos……como as serpentes….governo peçonhento……cuida agora de colocar sibutramina, más tire do bolso de vçs, não dos 4,50 reais que o medico ganha por consulta do SUS para atender seus eleitores…não foram eleitos e satisfeitos pelo dinheiro grande que ganham……

  2. Francisco Luiz Schettino - médico disse:

    Tô aguardando a sibutramina ser distribuida de graça, más sabe quem vai receitar……….de graça por 4,50 reais por consulta….nós médicos….e eles poderosos, usam luraglutida, sibutramina, topiramato……vê se enchergam, e se calem na insensibilidade predestinada a maldade e ao poder econmico vergonhoso……..escrevam amigos……..escrevam muito….são os representantes que temos, que usam sibus, sibutramina, quem sabe vectoza(luraglutida), de uma coisa sabemo, nos devem até a alma e não nos pagam, juizes começam com 15.000,00 com carreira, nós…………..4,50 reais……

  3. Roberta disse:

    COISA DA DILMA!!! QUE É GORDA E QUER QUE O BRASIL VIRE UM SEGUNDO EUA!!!!!

  4. Cristina disse:

    OLá também caí no golpe da [email protected] nome do vagabundo Luis Fernando Weber, perdi R$ 100,00

    Não depositem! A CONTA DO MALANDRO É NA
    Caixa Economica ag: 0441 c/c: 5896-3
    É GOLPE!

  5. Érica disse:

    Cristina, golpe mesmo, pena não ter visto seu post antes, depositei na conta do safado ontem a tarde.

    NÃO DEPOSITEM

  6. nene disse:

    é fraude ate que ir para a cadeia

Comments are closed.