Chery QQ: Vale a pena comprar um?

Lançado no Brasil em abril deste ano, o Chery QQ (pronuncia-se “Que-Quê) recebeu o título de carro mais barato do Brasil, mesmo sendo importado da China e causou uma verdadeira agitação no mercado. Tanto que o governo federal instituiu no dia 15 de setembro, um decreto que aumenta a alíquota do Imposto de Produtos Industrializados (IPI), dos atuais 7% a 25% para 37% a 55%, e que entrou em vigor no dia seguinte.

Porém, o Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 19 de outubro, suspendeu a cobrança imediata do IPI para carros importados. Os ministros do Supremo alegaram de que o decreto só poderia entrar em vigor 90 dias depois de sua publicação, ou seja, só deveria ser aumentado a partir do dia 15 de setembro de 2011.

Dessa forma, os preços dos carros importados se mantém pelo menos até a primeira quinzena de dezembro. Com isso, muitos consumidores que estavam planejando comprar um carro novo voltaram a analisar se vale a pena comprar um automóvel importado.

Um dos veículos importados que está tendo grande procura pelos consumidores brasileiros, é o Chery QQ. Isso porque o seu preço de
tabela durante o seu lançamento, era de R$ 22.900, e recebeu o título de carro mais barato do Brasil. Lançado para concorrer com os modelos “populares” fabricados no país, como o Uno, Celta e Ka, o QQ chamou a atenção por oferecer diversos itens de série, com um preço atraente.

Dentre os seus itens de série, o QQ conta com ar-condicionado; direção hidráulica; air bag; freios ABS; sensor de estacionamento; alarme; rádio com MP3 e entrada USB; acionamento interno da abertura da tampa de combustível. Todos esses itens de série do QQ só costumam ser encontrados em carros nacionais mais caros, e mesmo assim, como opcionais. Com tanta procura, o seu preço de lançamento aumentou para R$ 23.900 nas concessionárias da marca, porém o seu preço irá aumentar após a segunda quinzena de dezembro com a nova alíquota do IPI, e o QQ passará a custar R$ 29.990.

O Chery QQ conta com motor a gasolina de 1.1 litro e 16 válvulas, que proporcionam 68 CV de potência a 6 mil RPM e atinge velocidade máxima de 130 km/h. O seu peso é muito leve, com apenas 890 kg, se for comparado aos concorrentes em sua categoria. Dessa forma, o motor 1.1 litro oferece desempenho semelhante aos concorrentes. Segundo o fabricante, o seu consumo médio é de 20 km/l, em velocidade constante de 90 km/h.

A imprensa especializada realizou críticas a respeito do encaixe de algumas peças, bem como de seu câmbio, suspensão e ruído interno. Entretanto, muitos consumidores e blogueiros elogiaram a relação custo-benefício do veículo, por ele ser voltado para uso exclusivamente urbano.

Dessa forma, o QQ é indicado para deslocamentos cotidianos e de curtas distâncias, como para ir ao supermercado, trabalho ou escola, transportando poucas pessoas. Isso porque o QQ comporta no máximo cinco ocupantes. Além disso, o seu tanque comporta 35 litros de combustível e o porta-malas conta com 190 litros de capacidade.

Para obter mais informações sobre o QQ e as concessionárias da Chery, acesse o site da montadora: http://www.cherybrasil.com.br/chery-qq-2011

E você, o que acha do novo QQ ? É uma boa compra ? Deixe aqui a sua opinião.

Fotos do Chery QQ (clique nas fotos para ampliar):
 


Por Selma Isis