Lista das 100 cidades mais ricas do Brasil


Veja lista completa com as 100 cidades mais ricas do Brasil.

Dentre as 10 cidades mais ricas do Brasil, estão 1º São Paulo-SP, 2º Rio de Janeiro-RJ, 3º Brasília-DF, 4º Curitiba-PR, 5º Belo Horizonte-MG, 6º Porto Alegre-RS, 7º Manaus-AM, 8º Barueri-SP, 9º Salvador-BA e 10º Guarulhos-SP.

São Paulo é o estado que contém o maio número de cidades na lista, com 35 cidades na lista das cem primeiras colocadas com maior Produto Interno Bruto “PIB” do Brasil.

Outro dado importante é que Metade do PIB estava concentrado em apenas 51 municípios dos 5.564 (municípios em 2005), nos quais viviam cerca de 30,5% da população brasileira.

As informações abaixo correspondem na seguinte ordem: O valor do PIB de cada cidade está em reais e a porcentagem corresponde à fatia de cada uma delas em relação ao total do Brasil.

1º – São Paulo-SP – R$ 263.177.148.000 – 12,26%
2º – Rio de Janeiro-RJ – R$ 118.979.752.000 – 5,54%
3º – Brasília-DF – R$ 80.516.682.000 – 3,75%
4º – Curitiba-PR – R$ 29.821.203.000 – 1,39%
5º – Belo Horizonte-MG – R$ 28.386.694.000 – 1,32%
6º – Porto Alegre-RS – R$ 27.977.351.000 – 1,30%
7º – Manaus-AM – R$ 27.214.213.000 – 1,27%
8º – Barueri-SP – R$ 22.430.475.000 – 1,04%
9º – Salvador-BA – R$ 22.145.303.000 – 1,03%
10º – Guarulhos-SP – R$ 21.615.314.000 – 1,01%
11º – Campinas-SP – R$ 20.620.766.000 – 0,96%
12º – Fortaleza-CE – R$ 19.734.557.000 – 0,92%
13º – S. B. do Campo-SP – R$ 19.448.018.000 – 0,91%
14º – Osasco-SP – R$ 18.310.452.000 – 0,85%
15º – Duque de Caxias-RJ – R$ 18.309.545.000 – 0,85%
16º – S. José dos Campos-SP – R$ 17.090.191.000 – 0,80%
17º – Recife-PE – R$ 16.664.468.000 – 0,78%
18º – C. dos Goytacazes-RJ – R$ 16.116.180.000 – 0,75%
19º – Vitória-ES – R$ 14.993.650.000 – 0,70%
20º – Betim-MG – R$ 14.447.525.000 – 0,67%
21º – Goiânia-GO – R$ 13.354.065.000 – 0,62%
22º – Santo André-SP – R$ 11.426.975.000 – 0,53%
23º – Belém-PA – R$ 11.277.415.000 – 0,53%
24º – Camaçari-BA – R$ 10.340.460.000 – 0,48%
25º – Jundiaí-SP – R$ 10.185.096.000 – 0,47%
26º – Ribeirão Preto-SP – R$ 10.095.559.000 – 0,47%
27º – Contagem-MG – R$ 9.542.361.000 – 0,44%
28º – Canoas-RS – R$ 9.376.153.000 – 0,44%
29º – São Luís-MA – R$ 9.340.944.000 – 0,44%
30º – Uberlândia-MG – R$ 9.190.673.000 – 0,43%
31º – Sorocaba-SP – R$ 9.186.225.000 – 0,43%
32º – Joinville-SC – R$ 9.149.044.000 – 0,43%
33º – Santos-SP – R$ 8.765.521.000 – 0,41%
34º – Caxias do Sul-RS – R$ 8.422.381.000 – 0,39%
35º – São Caetano do Sul-SP – R$ 8.003.490.000 – 0,37%
36º – Diadema-SP – R$ 7.344.570.000 – 0,34%
37º – Serra-ES – R$ 7.230.790.000 – 0,34%
38º – Volta Redonda-RJ – R$ 7.051.218.000 – 0,33%
39º – Natal-RN – R$ 7.038.816.000 – 0,33%
40º – Araucária-PR – R$ 7.023.743.000 – 0,33%
41º – Campo Grande-MS – R$ 6.903.356.000 – 0,32%
42º – Niterói-RJ – R$ 6.884.677.000 – 0,32%
43º – São José dos Pinhais-PR – R$ 6.796.402.000 – 0,32%
44º – Cuiabá-MT – R$ 6.672.155.000 – 0,31%
45º – Paulínia-SP – R$ 6.416.467.000 – 0,30%
46º – São Gonçalo-RJ – R$ 6.379.169.000 – 0,30%
47º – S. F. do Conde-BA – R$ 6.362.615.000 – 0,30%
48º – Florianópolis-SC – R$ 6.259.393.000 – 0,29%
49º – Londrina-PR – R$ 6.217.351.000 – 0,29%
50º – Maceió-AL – R$ 6.114.507.000 – 0,28%
51º – Nova Iguaçu-RJ – R$ 5.764.270.000 – 0,27%
52º – Piracicaba-SP – R$ 5.761.763.000 – 0,27%
53º – Macaé-RJ – R$ 5.630.733.000 – 0,26%
54º – Blumenau-SC – R$ 5.516.256.000 – 0,26%
55º – Cubatão-SP – R$ 5.372.360.000 – 0,25%
56º – Itajaí-SC – R$ 5.268.999.000 -0,25%
57º – Juiz de Fora-MG – R$ 5.256.357.000 – 0,24%
58º – Teresina-PI – R$ 5.245.724.000 – 0,24%
59º – S.J. do Rio Preto-SP – R$ 5.231.745.000 – 0,24%
60º – João Pessoa-PB – R$ 5.024.604.000 – 0,23%
61º – Aracaju-SE – R$ 5.021.660.000 – 0,23%
62º – Mauá-SP – R$ 4.861.255.000 – 0,23%
63º – Foz do Iguaçu-PR – R$ 4.853.331.000 – 0,23%
64º – Sumaré-SP – R$ 4.832.404.000 – 0,23%
65º – Triunfo-RS – R$ 4.799.641.000 – 0,22%
66º – Taubaté-SP – R$ 4.618.506.000 – 0,22%
67º – Maringá-PR – R$ 4.592.923.000 – 0,21%
68º – Cabo Frio-RJ – R$ 4.553.545.000 – 0,21%
69º – Rio das Ostras-RJ – R$ 4.513.353.000 – 0,21%
70º – Mogi das Cruzes-SP – R$ 4.425.513.000 – 0,21%
71º – Ipatinga-MG – R$ 4.422.997.000 – 0,21%
72º – Americana-SP – R$ 4.318.740.000 – 0,20%
73º – Suzano-SP – R$ 4.289.553.000 – 0,20%
74º – Limeira-SP – R$ 4.171.214.000 – 0,19%
75º – Uberaba-MG – R$ 4.155.078.000 – 0,19%
76º – Bauru-SP – R$ 4.092.183.000 – 0,19%
77º – J. dos Guararapes-PE – R$ 4.067.013.000 – 0,19%
78º – Ponta Grossa-PR – R$ 3.992.451.000 – 0,19%
79º – Paranaguá-PR – R$ 3.970.088.000 – 0,18%
80º – Resende-RJ – R$ 3.786.140.000 – 0,18%
81º – Vila Velha-ES – R$ 3.761.758.000 – 0,18%
82º – Novo Hamburgo-RS – R$ 3.726.442.000 – 0,17%
83º – Gravataí-RS – R$ 3.713.639.000 – 0,17%
84º – Porto Velho-RO – R$ 3.656.512.000 – 0,17%
85º – Ipojuca-PE – R$ 3.505.321.000 – 0,16%
86º – Feira de Santana-BA – R$ 3.500.550.000 – 0,16%
87º – Jaraguá do Sul-SC – R$ 3.485.670.000 – 0,16%
88º – Cotia-SP – R$ 3.472.181.000 – 0,16%
89º – Jacareí-SP – R$ 3.423.133.000 – 0,16%
90º – Indaiatuba-SP – R$ 3.414.342.000 – 0,16%
91º – Matão-SP – R$ 3.210.811.000 – 0,15%
92º – Rio Claro-SP – R$ 3.203.467.000 – 0,15%
93º – Petrópolis-RJ – R$ 3.126.961.000 – 0,15%
94º – Taboão da Serra-SP – R$ 3.089.793.000 – 0,14%
95º – Jaguariúna-SP – R$ 3.045.284.000 – 0,14%
96º – Franca-SP – R$ 3.018.126.000 – 0,14%
97º – Santa Cruz do Sul-RS – R$ 2.991.816.000 – 0,14%
98º – Belford Roxo-RJ – R$ 2.989.323.000 – 0,14%
99º – São Carlos-SP – R$ 2.949.858.000 – 0,14%
100º- Cascavel-PR – R$ 2.914.239.000 – 0,14%

A pesquisa foi feita pelo IBGE e corresponde ao período de 2005.