Aumento do piso salarial em 2010/2011 fica acima da inflação


Segundo uma pesquisa, divulgada hoje (14/06/2011) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), cerca de 94% de um total de 660 pisos salariais, tiveram aumento em 2010, acima da inflação anual do Brasil (Em 2011 os valores prometem ser ainda melhores). O cálculo é todo feito em cima do índice INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), com base nos últimos 12 meses de cada reajuste.

A pesquisa também aponta que dos 6% que não obtiveram um aumento acima da inflação, 2% tiveram um aumento na mesma proporção da inflação e 4% com aumento que ficou abaixo da Inflação.

Para o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), os dados são bastante animadores, sendo que a média geral dos aumentos, foram de 2 a 6 pontos percentuais acima da inflação.

Dentre os maiores reajustes de piso salarial, o maior aumento apresentou um aumento de 34,3% acima da inflação, enquanto a maior perda chegou a bater 8,6%. Os cargos não foram divulgados pelo Dieese.

Dentre os motivos para o bom desempenho no aumento do piso salarial, podemos listar o bom comportamento da economia do Brasil, que hoje tem um aumento do PIB na casa dos 7,5%. Outro ponto é o aumento do piso salarial, que foi de 9,68% e o crescimento do emprego formal, que também vem crescendo em bom ritmo nos últimos anos.

Outra informação bastante importante é a média do piso salaria. Dos 660 pisos salariais, quase 1 terço possui um piso salarial na casa dos R$ 550,00 reais, pouco mais da metade estão na casa dos R$ 600,00 reais e apenas 6% dos pisos salariais estão acima de R$ 1.000,00 reais mensais.